Amor e pandemia


Karen Minatto

Vivemos em tempos difíceis. Experimentamos um momento de inconstância, incerteza e insegurança. Nunca a vida esteve tão à flor da pele. Nunca foi tão intensa, profunda e reflexiva como nos últimos meses.

Em nenhum outro momento repensamos tanto as nossa escolhas, avaliamos com tanto cuidado os nossos sentimentos e reformulamos tantas ideias e modos de agir. A vida mudou. E se tem uma coisa que essa pandemia veio ensinar foi a reconstituição do amor.

Adotamos antigos hobbies, recriamos técnicas, inventamos modas, reinventamos jeitos. Em momentos que não podemos abraçar, tocar e beijar quem nos é caro e especial, acabamos redescobrindo e desenvolvendo uma nova forma de amar e de demonstrar o sentimento. Distante, mas intensa. Longe, mas criativa.

O desenvolvimento da complexa e mágica arte do sentir sem o tocar e do se aproximar, cada vez mais, pelo lado de dentro. A transcendência do amor em momentos obscuros. Mais uma vez mostrando que ele é o início e o fim em si mesmo. Independente da forma e de como se apresente.

deixe um recado | voltar

Karen Minatto

E-mail: kmeifler_adv@yahoo.com.br

Pageviews desde agosto de 2020: 1258

Site desenvolvido pela Plataforma Online de Formação de Escritores