Alegoria


Vitória Zaj


A palpitação reprimida em forma de respiração.

O desvio do olhar que tenta não demonstrar,

O sorriso oblíquo empenhado em não concordar com o coração.

Os risos desviados como desculpas.

As bochechas vermelhas de tanto negar.

As mãos em busca uma da outra em um só dançar,

As lembranças embaçadas de tantas fórmulas,

O motivo de nossa confusão.

voltar

Vitória Zaj

E-mail: vitoriazajkowski@gmail.com

Pageviews desde agosto de 2020: 260

Site desenvolvido pela Plataforma Online de Formação de Escritores